fbpixel

Descubra a doença por trás da queda de cabelo!

Alguns casos de queda de cabelo podem não estar, diretamente, associados à existência de uma doença, porém a Alopecia Androgenética parece sofrer influência de uma espécie de síndrome – a chamada Síndrome Metabólica (SM). Saiba neste artigo o que é e como combater este problema de saúde

Mas o que é a Síndrome Metabólica?

A Síndrome Metabólica consiste num grupo de fatores que, no seu conjunto, aumentam o risco do surgimento da Doença Arterial Coronária (DAC), entre eles: a obesidade, a hiperglicemia e a hipertensão.

Qual a relação entre a Síndrome Metabólica e a Alopecia Androgenética?

Segundo alguns estudos, a Alopecia Androgenética masculina está associada a vários componentes/influenciadores da Síndrome Metabólica, tais como: a hipertensão, a obesidade, o cancro da próstata e o tabagismo. Em alguns casos, a ação androgenética pode contribuir para o surgimento de Aterosclerose e, numa situação mais avançada, ao desenvolvimento de tromboses.

Quando analisado um grupo de pessoas, na Índia, que padeciam de Alopecia Androgenética, um grupo de investigadores verificou que existia uma maior incidência de Síndrome Metabólica em casos com Alopecia Androgenética do que noutros casos que não partilhavam da mesma característica genética.

Como combater a Síndrome Metabólica e evitar a queda de cabelo?

A adoção de hábitos alimentares saudáveis pode ajudar a combater a evolução desta doença, já que estará a diminuir os níveis de hipertensão, diabetes e obesidade, principais fatores que causam lesões nos vasos que irrigam o couro cabeludo. São essas lesões que limitam a dispersão de “sangue novo” (rico em nutrientes) pelos folículos capilares que acabam por enfraquecer e levar à queda de cabelo.

Para saber mais sobre esta e outras doenças e perceber o seu tipo de alopecia, agende uma consulta de avaliação capilar gratuita numa das nossas clínicas, em Lisboa ou no Porto.